…Caverna d'Zion…

Eu e o diabo temos uma coisa em comum!

Posted in Artigos Pessoais by Segundo on março 23, 2009

demonioÉ isso mesmo! Eu tenho uma coisa em comum com o chifrudo. Mas antes de falar isso sinto a necessidade de compartilhar algo com vc…

Quem me conhece um pouco sabe que não gosto e muito menos sou, do tipo de cristão espiritualista… espiritualista no sentido de viver em um mundo paralelo… tipo a “Matrix”! Creio que se estou, mesmo que ainda no “mundo” terreno e porque tenho parte com aquilo que é terreno… é uma lógica bem simples! Jesus disse: “Não peço que os tire do mundo, mas que os livre do mal” João,17:15

Assim como a Lei da Ação e Reação de Isaac Newton diz “para toda ação existe uma reação igual em sentido oposto” e assim também como a Lei da Gravidade “nos faz ficar no chão” existe outra Lei Universal que diz “que enquanto estivermos no mundo seremos assolados pelo mal”. Mas o que é esse tal “mal”?

portinarriPesquisando para sair da simples idéia restrita da minha cabeça do que vem a ser “mal” eu pude aprender que: Mal é muito mais que o antônimo de bem. Mal é uma característica negativa, que implica uma certa depreciação de alguma coisa em relação ao seu estado normal. A idéia de mal, culturalmente relativa, encarna tudo aquilo que não é desejável ou que é destrutível. O mal está no vício, em oposição à virtude é aquilo que prejudica ou se opõe ao bem; doença; dor; desgraça; calamidade; castigo; punição; prejuízo; inconveniente; imperfeição.

Me surpreendi com um artigo que li e quero compartilhar dois parágrafos com aqueles que desejam saber se “Deus criou o mal”:

Deus é bom, e criou criaturas boas com uma qualidade denominada livre arbítrio. Infelizmente, as criaturas de Deus usaram este poder, que é bom, para trazer o mal ao Universo. E como fizeram isso? Ao se rebelarem contra o Criador. Então, o mal surgiu do bem, não direta, mas indiretamente, pelo mau uso do poder bom chamado liberdade. Desta forma, Deus é responsável por tornar o mal possível, mas as criaturas livres são responsáveis por torná-lo real.

fearbyxoxchrystalxoxco2Concordar que Deus não criou todas as coisas é negar sua soberania. Todavia, admitir que Ele causou todas as coisas e que o mal faz parte dessas coisas é reconhecer que Deus causou o mal. Entretanto, os crentes respondem que o mal não é uma coisa ou substância, antes, é a falta ou a privação de algo bom que Deus fez. Assim, o mal é a corrupção das substâncias boas que Deus criou. É como a ferrugem em um carro ou a podridão em uma árvore. O mal não é algo em si só. Existe somente em companhia de outra coisa, mas nunca sozinho.

Dizer que o mal não é algo, mas uma falta nas coisas, não é o mesmo que afirmar que ele não é real. Temos de entender que privação não é o mesmo que simples ausência. A visão está ausente na pedra assim como no cego, mas a ausência de visão na pedra não é privação, pois a privação é a ausência de algo que deveria estar ali. Já que a pedra, por natureza, não deveria ver, ela não está privada de visão. Logo, o mal é a falta real das coisas boas, como o cego pode testemunhar. O mal não é uma entidade real, mas a corrupção real em uma entidade real.

Por que Deus, na sua onipotência, não destrói o mal? Mesmo um ser onipotente como Deus não é capaz de fazer qualquer coisa para mudar esta tendência humana. Explicando. Deus jamais forçaria as pessoas a escolherem livremente o bem, porque a liberdade forçada seria uma contradição à sua Palavra. Logo, Deus não pode destruir literalmente todo o mal sem aniquilar o livre-arbítrio. A única maneira de destruir o mal seria destruindo o bem do livre-arbítrio. Logo, se Deus destruísse todo o mal, teria de destruir também todo o bem do livre-arbítrio. Mas,apesar de Deus não aniquilar o mal, Ele pode (e irá!) derrotá-lo e, ao mesmo tempo, preservar o livre-arbítrio. Assim, ainda que o mal não possa ser destruído sem destruir o livre arbítrio,ele pode ser derrotado.

Que texto maravilhoso… (Completo aqui) mas agora com minhas próprias palavra continuo meus pensamento para te responder o que é que eu tenho de comum com o diabo… Se toda essa maldade é falta de Deus e de todas suas virtudes e se o responsável por essa corrupção maléfica só veio para matar, roubar e destruir então tem que existir um organizador, tem que ter um gestor todo esse esquema.

diaboComo disse um amigo a alguns dias: O diabo já alcançou a excelência, quase atingiu a perfeição em destruir a vida do se humano Perguntei com um ar de inocência porque? E com um raciocínio bem lógico e simplista me respondeu: Cara!!! eu e vc trabalhamos o dia todo, fazemos tantas coisas diferentes para alcançarmos um padrão de vida digna com o mínimo de conforto, agora pensa comigo o capeta só faz uma coisa desde que o “mundo é mundo”, ele já faz isso a tanto tempo que ele mesmo se confunde com o que faz… ele não tem que pensar em estudar, para arrumar um emprego melhor, ou não pensa em pagar a conta de água e energia no fim do mês, não tem que se preocupar em presar por sua reputação ou seu bom nome… Cara ele só faz uma coisa…. acaba,acaba e acaba com a vida das pessoas…. só isso e mais nada e pra isso ele tem tanta artimanhas e ferramentas que ele já tá mais que letrado!!!!

Eu fiquei intrigado com essas poucas palavras que ouvi de um cara que tá caminhando nos caminhos de Deus a tão pouco tempo.

Pensei comigo mesmo de uma forma bem derraigada: Agente dá um duro danado pra rompe, cresce, desenvolver, conquistar a Deus e aos homens e tem um miserável que tem como objetivo existencial te ferra, desmoraliza e destruí com tudo o que é bom e agradável… e diante disse eu te respondo o que eu tenho em comum com o Diabo!!!

Ele não gosta de mim e eu não gosto dele… é isso é que nós temos em comum.

Anúncios